Você sabe ouvir as pessoas?

Pesquisando por um tema sobre o qual escrever, encontrei no Complexo Geek uma tirinha que apresenta duas “realidades” de um mesmo casal. Observe e compare o que acontece nos quadrinhos em azul ao que acontece nos quadrinhos em rosa.

Você sabe ouvir as pessoas? 1

Eles apresentam duas histórias diferentes, mas que partiram de um mesmo começo: uma queixa de Maria a respeito de algo que a incomodava. Na primeira história, em azul, o Zé fez um juízo de valor, dizendo que os problemas dela eram muito pequenos diante dos que ele passava. Na segunda história, por outro lado, ele agiu de forma acolhedora. Disse que também fica pensando nas mesmas questões às vezes e, em seguida, se ofereceu para fazer companhia.

Os efeitos de cada atitude do Zé também foram retratados na tirinha. Ao fazer um julgamento da fala de Maria, eles tiveram um atrito e ela se afastou – ele ficou falando sozinho! Ao acolher as falas da outra personagem, permaneceram próximos e puderam desfrutar de momentos maravilhosos juntos. Pelas imagens fica fácil imaginar como se sentiram em cada uma das situações.

Na vida real é mais ou menos assim também. Na maioria das vezes o ouvinte não se afasta de forma imediata de quem o está julgando, mas sente-se mal o bastante para que, no futuro, confie menos para falar daquilo que sente. Se os julgamentos se tornarem constantes é provável ainda que ocorra um processo que chamamos de Condicionamento Clássico na Psicologia: a simples presença do falante (que faz o julgamento) torna-se desagradável para o ouvinte, mesmo que ele não faça qualquer crítica ou julgamento naquele momento.

Isso significa que não podemos criticar as coisas que o outro faz ou não podemos discordar dele? De forma nenhuma. Isso significa que existe hora e jeito de falar as coisas. Quando alguém está falando de algo que faz sofrer, dizer que aquilo é besteira só piora as coisas. Na verdade, na maioria das vezes, nem é necessário falar algo. Basta ouvir. Isso, claro, se você se importar em não causar ainda mais sofrimento. 

Um Comentário Esconder comentário

Texto e tirinha bem simples para a compreensão dos efeitos causados por um bom ouvinte.Acolhimento e não julgamento.

Os comentários estão fechados.

AGENDAR AVALIAÇÃO

    Consulta de Avaliação

    Preencha o formulário abaixo para marcar uma consulta de avaliação inicial e confidencial com um retorno de chamada.