Estima-se que quase 17 milhões de adultos americanos em algum momento iram cumprir os critérios para transtorno de ansiedade social ou fobia social. O número de adultos que lutam com timidez excede em muito esse número. Felizmente, existem algumas estratégias eficazes para superar a timidez e a ansiedade social:
 
Foto: Reprodução

1. Agir com confiança.

A confiança vem através da ação, aprendizagem, prática e maestria. Lembra quando você aprendeu a andar de bicicleta? Foi terrível no começo, mas depois que você aprendeu e tentou andar sozinho, você se sentiu confiante. Confiança social funciona da mesma maneira. Sentir-se ansioso não é o problema; evitar interações sociais é o problema. Elimine a evasão e isso ajudará a diminuir a ansiedade.

2. Envolver-se.

Isto significa participar da conversa na fila do caixa e falar com estranhos em bares, lojas, eventos esportivos e no ginásio. Além disso, aproxime-se das pessoas pelas quais você é atraído romanticamente. Converse com eles. Peça-lhes para dançar. A vida é curta. Quem se importa se você começar? Há sete bilhões de pessoas neste planeta. Você não precisa gostar ou ser querido por todas elas. Esteja disposto a conhecer novas pessoas.

3. Tente coisas novas, mesmo que isso lhe deixe ansioso.

Participe de um clube, de um time esportivo, ou de uma aula de improvisação. Pegue um novo projeto, assuma uma tarefa difícil no trabalho, ou aprenda uma nova habilidade. Faça alguma coisa para sair de sua zona de conforto.

Parte de superar a timidez tem a ver com o desenvolvimento de confiança em várias áreas de sua vida e não deixar que a ansiedade, o medo do fracasso, medo de rejeição ou medo de humilhação entrem em seu caminho. Ao praticar novas atividades, você está enfrentando o medo do desconhecido e aprendendo a lidar com essa ansiedade de forma mais eficaz.

4. Fale!

Comece a praticar fazendo apresentações e contando piadas ou histórias em cada oportunidade. Seja mais falante e expressivo em todas as áreas de sua vida. Se você está no trabalho, com amigos, com estranhos, ou andando pela rua, você pode praticar a fala mais abertamente. Deixe que sua voz e as suas ideias sejam ouvidas.

As pessoas confiantes não estão preocupadas se todos vão gostar ou não do que elas falam. Eles falam o que vem a mente, porque eles querem compartilhar, envolver e se conectar com outras pessoas. Você pode fazer isso também. Ansiedade e timidez não são motivos para ficar quieto.

5. Exiba uma linguagem corporal confiante.

Faça contato visual ao falar com alguém. Ande com a cabeça erguida. Projete uma forma clara e eficaz em sua voz. Apertar as mãos. Dê abraços. Mantenha-se em estreita proximidade com os outros.

Quando você está totalmente à vontade em um momento, você vai perceber que as interações sociais não são algo que você precisa evitar. Você terá um desempenho melhor porque você estará realmente prestando atenção à conversa e as pistas em seu ambiente. Com a prática, você pode incorporar continuamente e melhorar as habilidades sociais que você aprendeu com o mundo ao seu redor, e assim você poderá se sentir mais confiante.

Fonte:
Psych Central

Dicas para superar a timidez e a ansiedade social