Muitos tipos de terapia se tornaram famosos por sua eficácia no tratamento dos mais diversos tipos de transtornos mentais, dos mais simples, aos mais complexos. E, de fato, existem problemas para os quais o tratamento psicológico isolado produz resultados melhores que a medicação isolada (a combinação dos dois tratamentos geralmente é mais eficaz). Ainda assim, não é correto dizer que o Psicólogo Clínico lida apenas com transtornos mentais. A terapia lida com comportamento, seja ele saudável, ou não saudável.

O psicólogo é, por excelência, o profissional mais indicado para ajudar as pessoas a se compreenderem, a ficarem em paz com suas histórias e a promoverem as mudanças que desejam em suas vidas. Esse processo pode envolver o tratamento dos transtornos mentais, mas, também, a resolução de problemas em áreas específicas da vida (relacionamentos, trabalho, acadêmicos, etc.), a organização do próprio comportamento em função de metas (a forma como cada pessoa gostaria de viver) e valores (aquilo que é realmente importante para cada pessoa), a organização da rotina, a melhoria em alguma capacidade pessoa (ex.: concentração, atenção, produtividade, etc.), aceitar a perda de algo ou de alguém, se adaptar a mudanças, se preparar para mudanças, entre outras coisas.

Em resumo, todas as pessoas que desejam construir vidas valiosas podem se beneficiar do trabalho do Psicólogo Clínico, ou, ao menos, daquele que trabalha com Terapia Comportamental.