Psicoterapia

Agende uma avaliação

A Saúde Mental é um assunto complexo, que merece ser abordado com seriedade e ética. Na Ello você conta com profissionais comprometidos com um esforço genuíno para te compreender e oferecer os tratamentos com o melhor suporte de pesquisa.

Agendar

Treinamento de Habilidades

Terapia Comportamental Dialética

Algumas pessoas podem precisar de um complemento à Psicoterapia: aulas estruturadas de habilidades psicológicas. Para outras, as aulas podem ser suficientes isoladamente. Na Ello os profissionais são treinados para desenvolver essa modalidade de tratamento, o Treinamento de Habilidades DBT.

Saiba Mais

Qualificação Profissional

Supervisão e Treinamento

Na Ello, os cursos de qualificação profissional e as supervisões clínicas são focados no desenvolvimento de competências práticas.

Saiba Mais
Psicoterapia
Apoio profissional na construção de uma vida valiosa.
Treinamento de Habilidades
Um programa de desenvolvimento de competências pessoais.
Qualificação Profissional
Torne-se um terapeuta mais efetivo.

Nosso Trabalho

Fundamentação

A Ello: Núcleo de Psicologia e Ciências do Comportamento é a primeira clínica de psicologia do Alto Paranaíba e Triângulo Mineiro dedicada à aplicação e ensino da Psicoterapia Baseada em Evidências e das Terapias Comportamentais Contextuais. Atuamos com:

Psicoterapia Individual

A única constante da vida é a mudança. Para muitas pessoas, é difícil direcionar essa mudança rumo à vida que gostariam de viver ou lidar com o sofrimento emocional envolvido no processo. Em todos estes casos, a Psicoterapia pode ajudar.

Desenvolvimento Profissional

Tornar-se um terapeuta mais efetivo envolve adquirir conhecimento teórico e prático, organizar esse conhecimento em forma de intervenções e cuidar da própria saúde emocional. Nossos supervisores podem te auxiliar em todo esse processo.

Treinamento de Habilidades

Baseado no Treinamento de Habilidades DBT, é indicado para pessoas que tenham recomendação do Terapeuta Individual ou Psiquiatra e para pessoas que não possuem Transtornos Psiquiátricos e desejam se desenvolver.

Psicoterapia de Casais

A convivência a dois nem sempre é fácil. Diversos fatores podem transformar um relacionamento em fonte de sofrimento ou, simplesmente, dificultar para que o casal se aproxime da relação que gostariam de ter. A Psicoterapia de Casais pode ajudar.

Atendimento

Como posso ser atendido?

Passo 1:

Conheça os membros de nossa equipe

Acesse a apresentação de nossa equipe e conheça nossos profissionais. Escolha aquele com quem mais se identificar e entre em contato pelo telefone informado.

Passo 2:

Agende suas sessões de avaliação

Converse sobre suas dúvidas a respeito do próprio profissional e do processo terapêutico, agende sua primeira sessão e embarque no processo.

Esclareça suas dúvidas

Perguntas Frequentes

Ao iniciar um tratamento, é natural que surjam várias dúvidas sobre procedimentos e o papel do psicólogo na terapia. Então produzimos uma lista com as perguntas mais frequentes feitas por nossos pacientes que poderão te nortear no processo inicial.

O que é um(a) psicólogo(a)?

O Psicólogo é um profissional formado em Psicologia, um curso superior com duração de cinco anos. A graduação em Psicologia é uma formação básica, generalista. Ao concluí-la, o profissional ainda não é especializado e nenhum campo de atuação ou método de trabalho específicos. Cabe ao psicólogo se especializar em um campo específico (ex.: clínica, escola, etc.) e em um método específico (ex.: terapia comportamental, psicanálise) após a graduação. Nossa equipe é especializada em Clínica e atua segundo os preceitos das Terapias Comportamentais Contextuais e da Psicoterapia Baseada em Evidências. Para saber mais sobre as Terapias Comportamentais Contextuais.

Saiba Mais
Devo ir a um psicólogo ou a um psiquiatra?

No tratamento dos Transtornos Mentais diagnosticáveis o trabalho geralmente é feito em conjunto, pelo Psicólogo e pelo Psiquiatra. Embora alguns casos possam ser tratados isoladamente por um ou por outro – especialmente os mais leves –, existem fortes evidências de que a combinação dos tratamentos é mais efetiva. Casos graves exigem um trabalho conjunto. Por outro lado, as pessoas que não possuem um Transtorno Mental Diagnosticável e desejam atingir metas de vida, se tornar mais hábeis no enfrentamento de problemas de vida (ex.: relacionamento, trabalho, rotina, etc.) podem não precisar do tratamento medicamentoso, portanto, possivelmente seriam atendidas apenas pelo psicólogo. Em todo caso, tanto o Psicólogo quanto o Psiquiatra são os profissionais mais indicados para te avaliar, verificar a necessidade de trabalho conjunto e te orientar sobre as melhores alternativas.

Como posso saber se possuo um transtorno mental?

Não é fácil reconhecer um Transtorno Mental. Muitos deles são bastante parecidos com o funcionamento humano saudável e, em muitos casos, possuem características bastante valorizadas socialmente. É o que ocorre, por exemplo, com algumas manifestações do Transtorno Obsessivo-Compulsivo, na anorexia, em fases maníacas do Transtorno Bipolar, entre outras situações. A própria pessoa chega a acreditar que está tudo bem com ela, ainda que existam prejuízos importantes (às vezes não percebidos) em outras dimensões da vida. A Associação Americana de Psiquiatria elaborou um guia listando alguns sinais que podem indicar a presença de um Transtorno Mental. Entre eles, temos o desinteresse social; quedas no funcionamento; dificuldades de concentração, atenção ou memória; sensibilidade aumentada a estímulos; apatia; atenção excessiva a detalhes; mudanças bruscas de humor; impulsividade; sensação de que a vida não faz sentido; pesadelos frequentes; incapacidade de relaxar; entre outros. Em todo caso, se você desconfia que apresenta alguns destes sinais, procure pela ajuda de um Psicólogo ou de um Psiquiatra e compartilhe suas preocupações.

Por que é tão difícil enfrentar sozinho um Transtorno Mental?

Enfrentar sozinho um Transtorno Mental é difícil porque, na maioria das vezes, eles são autoperpetuantes. Citando apenas alguns exemplos, a Depressão tem como uma de suas principais características o retraimento e abandono de atividades que, por sua vez, intensificam e prolongam o quadro depressivo; os Transtornos de Ansiedade tem como uma de suas principais características a evitação das situações que produzem a ansiedade e, esta evitação, também piora o problema. Além disso, os Transtornos Mentais geralmente possuem muitas causas, todas elas diluídas entre vulnerabilidades biológicas e experiências de vida. Para tornar a situação ainda mais complexa, é comum que as condições que mantém ou pioram o Transtorno Psiquiátrico sejam diferentes daquelas que o produziram. Isso significa que um tratamento bem sucedido geralmente precisa ser capaz de lidar com uma multiplicidade de fatores, às vezes sutis, que demandam treinamento profissional específico para que sejam identificados e recebam a intervenção adequada.

A quem se destina a Terapia?

Muitos tipos de terapia se tornaram famosos por sua efetividade no tratamento de diversos tipos de Transtornos Mentais. De fato, existem problemas para os quais a terapia sozinha produz resultados melhores do que a medicação sozinha – ainda que a recomendação geral seja a combinação dos tratamentos. Ainda assim, não é correto afirmar que o Psicólogo Clínico lida apenas com Transtornos Mentais. Em terapia, profissional e paciente lidam com a interação do paciente com sua história, consigo próprio e com o mundo à sua volta independente da existência de um Transtorno Mental. O objetivo central da Terapia é ajudar o paciente a promover as mudanças necessárias para que sua vida esteja alinhada com a vida que ele gostaria de viver.

O que esperar da Terapia?

Depende da abordagem com que o profissional trabalha. Na Terapia Comportamental, o que se espera é um processo ativo de autodescoberta, aceitação e mudança. Terapeuta e paciente se envolvem em um compromisso ativo para que o paciente construa uma vida alinhada com a vida que gostaria de viver, o que pode envolve o tratamento de Transtornos Psiquiátricos, a resolução de problemas cotidianos de vida ou o desenvolvimento dos recursos necessários para a promoção das mudanças desejadas. Naturalmente o processo pode ser desconfortável em alguns momentos, especialmente quando assuntos delicados ou partes dolorosas da história do paciente são abordados. Mas o profissional é especialmente treinado para caminhar junto ao paciente e ajuda-lo a passar por este desconforto.

A Terapia funciona mesmo?

Alguns tipos de terapia, sim. A Associação Psicológica Americana (APA) reuniu dados de centenas de estudos sobre o assunto e concluiu que 75% das pessoas que entraram em terapia se beneficiaram do trabalho desenvolvido. Outras análises indicam que 80% daqueles que fizeram terapia estavam melhor ao final do tratamento, em comparação às pessoas que não fizeram. Ainda de acordo com a APA, os resultados costumam aparecer entre a sexta e a décima segunda sessão, embora isso possa variar. Caso você esteja em terapia e acredite que o processo não está sendo efetivo, aborde o assunto com seu psicólogo. Ele provavelmente tentará entender, junto com você, o que pode estar acontecendo e quais soluções são possíveis.

A Terapia pode fazer mal?

Sim. Terapia é um processo de mudança que, se conduzido de maneira inadequada, pode provocar danos severos.

Quanto tempo dura a terapia?

A Terapia normalmente dura até que o Transtorno Mental tenha sido tratado, as metas do paciente tenham sido atingidas e ele receba alta; ou, simplesmente, enquanto o paciente desejar dar continuidade ao processo. A terapia pode se encerrar, também, em situações nas quais o Psicólogo concluir que não é o profissional mais indicado para auxiliar o paciente naquele momento. Em casos assim, o terapeuta geralmente ajuda o paciente a encontrar outro profissional.

Prevenção ao Suicídio

Pessoas que sofrem com pensamentos ou emoções sobre suicídio precisam de atenção imediata. Se você, algum amigo ou familiar se encontra nestas condições, busque ajuda o mais rápido possível. Saiba como!

um pouco mais

Sobre Nós

Ello: Núcleo de Psicologia e Ciências do Comportamento é a primeira clínica de Psicologia do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba focada na aplicação e ensino das Terapias Comportamentais Contextuais e da Prática Psicológica Baseada em Evidências. Fundada em novembro de 2015 pelos analistas do comportamento Esequias Caetano e Hélida Reis, tem como objetivos centrais ajudar as pessoas a construírem vidas valiosas e qualificar profissionais para que sejam multiplicadores dos benefícios que a prática psicológica baseada em evidências pode proporcionar à saúde e a qualidade de vida das pessoas em geral.

A verdadeira mudança acontece no contexto da aceitação.

Novidades e Muito Mais

Fique por Dentro

Quer saber como as Ciências Comportamentais podem te ajudar a construir uma vida valiosa? Acompanhe nossas publicações.

AGENDAR AVALIAÇÃO

    Consulta de Avaliação

    Preencha o formulário abaixo para marcar uma consulta de avaliação inicial e confidencial com um retorno de chamada.

    Mais info? Contate-nos!