O Treinamento de Habilidades para a Vida é um programa de ensino das competências desenvolvidas em Terapia Comportamental Dialética. Os participantes aprendem habilidades de Análise do Comportamento, Mindfulness, Efetividade Interepessoal, Regulação Emocional e Tolerância ao Mal Estar.

# Análise do Comportamento: utilizadas para identificar as causas do próprio comportamento e do comportamento das outras pessoas

# Mindfulness ou Atenção Plena: utilizadas para se manter no momento presente e melhorar o controle da mente, julgar menos a si próprio e a outras pessoas, fazer o que é necessário mesmo quando isso é o oposto aos próprios desejos, encontrar o equilíbrio entre razão e emoção…

# Efetividade Interpessoal: habilidades para fazer pedidos de maneira habilidosa, ser levado a sério por outras pessoas, dizer “não” de maneira efetiva, melhorar os relacionamentos atuais, encontrar potenciais amigos e construir novos relacionamentos, terminar relacionamentos tóxicos incorrigíveis e equilibrar aceitação e mudança nos relacionamentos.

# Regulação Emocional: habilidades focadas em identificar e nomear as emoções, compreender os efeitos delas sobre nós e a utilidade que elas tem em nossa vida, evitar que emoções indesejadas se iniciem, modificar emoções indesejadas depois que se iniciam, diminuir a vulnerabilidade às emoções negativas, aumentar a resiliência e a capacidade de lidar com situações difíceis, reduzir o sofrimento quando as emoções dolorosas parecem ter assumido o controle e manejar emoções extremas sem piorar as coisas.

# Tolerância ao Mal Estar: passar por situações de crise sem piorar as coisas, substituir o sofrimento extremo pela dor suportável, libertar-se e seguir a vida mesmo diante da dor intensa, libertar-se da necessidade de satisfazer as próprias demandas, desejos e impulsos quando isso não for possível.

O treinamento é conduzido preferencialmente em grupos com pelo menos duas pessoas e, no máximo, oito. Porém, também é possível recebê-lo individualmente se não existirem grupos em funcionamento ou se sua participação neles for impossível.  As sessões possuem um formato de aula (não é terapia), com explicações sobre a habilidade, treino/ ensaio comportamental, discussão das dúvidas e sugestão de prática para a semana. A partir da segunda semana, o treinador faz uma revisão da prática desenvolvida desde o último encontro.

Podem participar do treinamento os pacientes atendidos pelos profissionais da Ello: Núcleo de Psicologia e Ciências do Comportamento, pacientes atendidos por outros profissionais ou pessoas sem demanda clínica que desejem se beneficiar das habilidades ensinadas. Conforme explica Marsha Linehan, desenvolvedora do treinamento, no livro Treinamento de Habilidades em DBT: Manual de Terapia Comportamental Dialética para o Terapeuta (Ed. Artmed, 2018):

“(…) não deve ser uma surpresa que as habilidades em DBT tenham aplicação tão vasta. Desenvolvi muitas delas ao ler manuais e literatura de tratamento sobre intervenções comportamentais com base em evidências. Em seguida, observei o que os terapeutas recomendavam que os pacientes fizessem em cada problema, remodelei essas instruções em fichas explicativas e fichas de tarefas sobre habilidades e redigi notas de ensino para os profissionais. (…) As habilidades em DBT são o que os terapeutas comportamentais orientam os pacientes a fazer em múltiplos tratamentos eficazes. Algumas habilidades são programas de tratamento completos, formulados em uma série de etapas. (…) Outras habilidades vêm da ciência comportamental básica e das pesquisas em psicologia cognitiva e social. Algumas vieram de colegas que desenvolveram novas habilidades em DBT para novas populações.”

Pessoas interessadas podem entrar em contato através do menú Fale Conosco.